Tão longe, tão perto!


25 DE JULHO
terça-feira − 19h30

In weiter Ferne, so nah! (Tão longe, tão perto!). Direção: Wim Wenders. Produção: Wim Wenders Ulrich Felsberg. Roteiro: Wim Wenders, Ulrich Zieger, Richard Reitinger. Música: Laurent Petitgand, Graeme Revell. Fotografia: Jürgen Jürges. Edição: Peter Przygodda. Design de produção: Albrecht Konrad. Direção de arte: Martin Schreiber. Figurino: Esther Walz. Elenco: Otto Sander, Nastassja Kinski, Peter Falk, Bruno Ganz, Horst Buchholz e outros.
― 1993, Alemanha. 2h 24min. Em alemão, francês, inglês, italiano, russo, com legendas em português.

Quando um anjo ousa cruzar a linha, ele chega a cidade de Berlim passando pela dura realidade do pós-Guerra Fria e acaba engajado em um combate fatal para proteger os mortais que ele ama.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

 

 Críticas e comentários

8½ (Otto e mezzo)

4 DE JULHO
terça-feira − 19h30

(Otto e mezzo / Oito e meio). Direção: Federico Fellini. Produção: Angelo Rizzoli. Roteiro: Federico Fellini, Ennio Flaiano, Tullio Pinelli, Brunello Rondi. Música: Nino Rota. Fotografia: Gianni Di Venanzo. Edição: Leo Catozzo. Design de produção, direção de arte e figurino: Piero Gherardi. Decoração: Vito Anzalone. Elenco: Marcello Mastroianni, Claudia Cardinale, Anouk Aimée, Sandra Milo, Rossella Falk e outros.
― 1963, Itália; França. P&B, 2h 18min. Em italiano, francês, inglês, alemão, com legendas em português.

Guido Anselmi, um famoso cineasta, encontra-se em crise de criatividade. Ao perceber um certo esgotamento no seu estilo de vida, resolve se internar em uma estação-de-águas para buscar inspiração.

É considerado um dos melhores filmes de todos os tempos.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

Branca de Neve


6 DE JUNHO
terça-feira − 19h30

Blancanieves (Branca de Neve). Direção e roteiro: Pablo Berger. Produção: Pablo Berger, Ibon Cormenzana, Jérôme Vidal. Música: Alfonso de Vilallonga. Fotografia: Kiko de la Rica. Edição: Fernando Franco. Figurino: Paco Delgado. Elenco: Macarena García, Maribel Verdú, Emilio Gavira, Daniel Giménez Cacho, Inma Cuesta e outros.
― 2012, Espanha, Bélgica, França. P&B, silencioso, 1h 44min. Em espanhol, com legendas em português.

Sevilha da década de 1920. Antônio Villalta é um toureiro, o mais famoso e adorado da Espanha. Ferido em uma tourada, fica à beira da morte. Enquanto isso, sua esposa dá à luz uma menina e morre. A garota, Carmencita, cresce aos cuidados da avó. Já o toureiro, que ficou paraplégico, casa-se com a enfermeira que tratou dele no hospital, Encarna. Com a morte da avó, a menina é mandada para a casa do pai, com quem nunca teve contato. A madrasta a proíbe de subir para o segundo andar, onde seu pai vive confinado. Porém, a menina tanto faz que reencontra o toureiro, solitário numa cadeira de rodas preso a um quarto. Se, num primeiro momento, há estranhamento entre eles, com o tempo se tornam amigos, e ele lhe ensina técnicas de tourada. Percebendo a situação, Encarna obriga o motorista a matar a menina, mas ele não consegue. A menina se integra à trupe de seis anões toureiros, que a chamam de Branca de Neve.

 

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

Comentários e críticas

A felicidade não se compra

A felicidade não se compra (Frank Capra, 1946)

13 DE DEZEMBRO
terça-feira − 19h30

It’s a wonderful life (A felicidade não se compra). Direção: Frank Capra. Produção: Frank Capra. Roteiro: Frances Goodrich, Albert Hackett, Frank Capra, Jo Swerling, Philip Van Doren Stern, Michael Wilson. Elenco: James Stewart, Donna Reed, Lionel Barrymore, Thomas Mitchell, Henry Travers e outros.
― Estados Unidos, 1946. P&B, 2h 10min. Em inglês, com legendas em português.

Na véspera de Natal, o caridoso George Bailey decide se suicidar por não ter como pagar uma dívida inesperada. Ele é salvo por seu anjo da guarda, que lhe mostra como as vidas de tantas pessoas e sua cidade seriam diferentes se ele não tivesse nascido e feito de sua vida um serviço de amor aos outros. Um conto de Natal, com renovada esperança no gênero humano.

Livre para todos os públicos

Críticas e comentários

Um dia, um gato

Um dia, um gato (Vojtech Jasný, 1963)
25 DE OUTUBRO
terça-feira − 19h30

Az prijde kocour (Um dia, um gato). Direção: Vojtech Jasný. Roteiro: Jirí Brdecka, Vojtech Jasný, Jan Werich. Música: Svatopluk Havelka. Fotografia: Jaroslav Kucera. Elenco: Jan Werich, Emília Vásáryová, Vlastimil Brodský, Jirí Sovák, Vladimír Mensík e outros.
― Checoslováquia, 1963. 1h 31min. Em checo, com legendas em português.

Um contador de histórias, morador de uma pacata cidade na Tchecoslováquia, conta aos alunos de uma escola a vida do professor Robert, a história de um antigo amor e seu gato de óculos escuros. Ao tirar os óculos, o gato colore as pessoas de acordo com seus sentimentos e personalidades. O caráter humano pelo ponto de vista de um gato, que apenas enxerga os humanos pelo que realmente são.

Livre para todos os públicos

 

 Críticas e comentários

O gato do rabino

O gato do Rabino (Antoine Delesvaux e Joann Sfar, 2011)
18 DE OUTUBRO
terça-feira − 19h30

Le chat du rabbin (O gato do Rabino). Direção: Antoine Delesvaux, Joann Sfar. Roteiro: Sandrina Jardel, Joann Sfar. Música: Olivier Daviaud.
― França, 2011. Cor, 1h 40min. Em francês, com legendas em português.

Na Argélia da década de 1920, o rabino Sfar vive com sua filha Zlabya, além de um papagaio tagarela e um gato. Este felino, após devorar o papagaio, começa a falar sem parar. O gato solicita ao rabino que realize o seu bar mitzvá e busca compreender melhor os fundamentos da religião. Ao mesmo tempo, a chegada inesperada de um judeu russo à cidade obriga o rabino e seu amigo, um líder islâmico, a fazerem uma cruzada pela África, local marcado pelas mais diversas crenças religiosas, raças e línguas. Vários novos amigos – e inimigos – cruzam o caminho desta caravana.

Livre para todos os públicos

Críticas e comentários

 

Peixe grande e suas histórias maravilhosas

Big Fish • Peixe grande e suas histórias maravilhosas ― Tim Burton (2003)

No dia 6 de agosto, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB apresenta o filme Peixe grande e suas histórias maravilhosas, do norte-americano Tim Burton.

A apresentação do filme Peixe grande homenageia os pais, cujo dia celebramos em agosto.

Sinopse

Edward Bloom sempre foi um contador de histórias sobre sua extravagante vida como adolescente, quando seu desejo de viajar o levou de uma pequena cidade no Alabama, para uma volta ao mundo todo. Suas explorações místicas variam do divertimento ao delírio, quando conta histórias sobre gigantes, feiticeiras e duas cantoras gêmeas siamesas. Com suas histórias exageradas, Bloom encanta a quase todos que encontra, exceto seu filho Will. Quando sua mãe Sandra tenta aproximá-los, Will precisa aprender a separar a realidade da ficção conhecendo os grandes feitos e as grandes derrotas de seu pai. Uma jornada que aprofunda o relacionamento de um pai e seu filho.

Big Fish Peixe grande e suas histórias maravilhosas ― Tim Burton (2003) Estados Unidos. Roteiro: John August, baseado no romance homônimo de Daniel Wallace. Elenco: Ewan McGregor, Albert Finney, Billy Crudup. (125 min). Distribuidor: Sony Pictures. Idioma: Inglês, legendas em português.

ENTRADA FRANCA

Classificação indicativa

Livre para todos os públicos

Trailer