Bibliografia sobre cinema

As indicações bibliográficas desta lista[1] são utilizadas para seleção e comentários dos filmes exibidos nas sessões do Cine-Fórum[2] do Centro Cultural de Brasília (CCB).

 

Cinema: história e teoria

  • A estética do filme (AUMONT et al., 2011)
  • A experiência do cinema (XAVIER, 2008)
  • A linguagem cinematográfica (MARTIN, 2005)
  • A linguagem secreta do cinema (CARRIÈRE, 2014)
  • A narrativa cinematográfica (GAUDREAULT; JOST, 2009)
  • Cinema e história (FERRO, 2010)
  • Como a geração sexo-drogas-e-rock’n’roll salvou Hollywood (BISKIND, 2009)
  • Dictionnaire des cinéastes (SADOUL, 1982)
  • Esculpir o tempo (TARKOVSKI, 2010)
  • Gramática do cinema (BRISELANCE; MORIN, 2012)
  • História do cinema mundial (MASCARELLO, 2011)
  • …ismos: para entender o cinema (BERGAN, 2010)
  • Lendo as imagens do cinema (JULLIER; MARIE, 2009)
  • O corpo cinemático (SHAVIRO, 2015)
  • O primeiro cinema (COSTA, 2008)
  • O sujeito na tela (MACHADO, 2007)
  • Pré-cinemas & pós-cinemas (MACHADO, 2011a)
  • Tudo sobre cinema (KEMP, 2011)

Catálogos de filmes

  • 1001 filmes para ver antes de morrer (SCHNEIDER, 2010)
  • 501 filmes que merecem ser vistos (2011)
  • Cine de los 2000 (MÜLLER, 2012)
  • The film book : a complete guide to the world of film (BERGAN, 2011)

Crítica

  • A magia do cinema (EBERT, 2004)
  • Grandes filmes (EBERT, 2006)
  • Infinito cinema (AZEREDO, 1988)
  • Os filmes que sonhamos (MACHADO, 2011b)
  • Os melhores filmes novos (RAMOS, 2009)
  • Um filme por dia: crítica de choque (1946-73) (VIANNA, 2004)

Cinema brasileiro

  • 100 melhores filmes brasileiros (SILVA, 2016)
  • A utopia no cinema brasileiro (NAGIB, 2006)
  • Cinema e identidade nacional no Brasil (GONÇALVES, 2011)
  • Historiografia clássica do cinema brasileiro (BERNARDET, 2008)
  • A odisseia do cinema brasileiro (DESBOIS, 2016)
  • Olhar crítico: 50 anos de cinema brasileiro (AZEREDO, 2010)
  • Pai país, mãe pátria (AVELLAR, 2016)

Guias temáticos

  • 100 filmes: da literatura para o cinema (MITTERAND, 2014)
  • Cine arco-íris (LEKITSCH, 2011)
  • Cinema e loucura (LANDEIRA-FERNADEZ; CHENIAUX, 2010)
  • Como usar o cinema na sala de aula (NAPOLITANO, 2015)
  • Jantares de cinema (THORN, 2011)
  • O cinema vai à mesa (EWALD FILHO; LEBERT, 2007)

 

Referências bibliográficas

501 filmes que merecem ser vistos. São Paulo: Larousse, 2011. 544 p.

AUMONT, Jacques et al. (Eds.) A estética do filme. Tradução de APPENZELLER, Marina. 9. ed. Campinas: Papirus, 2011.

AVELLAR, José Carlos. Pai país, mãe pátria. São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2016. 152 p.

AZEREDO, Ely. Infinito cinema. Rio de Janeiro: Unilivros, 1988. 225 p.

AZEREDO, Ely. Olhar crítico: 50 anos de cinema brasileiro. São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2010. 16 p.

BERGAN, Ronald. …ismos: para entender o cinema. São Paulo: Globo, 2010. 159 p.

BERGAN, Ronald. The film book : a complete guide to the world of film. London ; New York: DK, 2011. 352 p.

BERNARDET, Jean-Claude. Historiografia clássica do cinema brasileiro.  2. ed. São Paulo: Annablume, 2008. 166 p.

BISKIND, Peter. Como a geração sexo-drogas-e-rock’n’roll salvou Hollywood : easy riders, raging bulls /  ; tradução de Rio de Janeiro: Intrínseca, 2009. 502 p. Título original: Easy riders, raging bulls. Tradução de BAHIANA, Ana Maria.

BRISELANCE, Marie-France; MORIN, Jean-Claude. Gramática do cinema. Lisboa: Texto & Grafia, 2012. 476 p.

CARRIÈRE, Jean-Claude. A linguagem secreta do cinema. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; Saraiva, 2014. 205 p. Título original: The secret language of film. Tradução de ALBAGLI, Fernando; ALBAGLI, Benjamin

COSTA, Flávia Cesarino. O primeiro cinema : espetáculo, narração, domesticação.  2. ed. Rio de Janeiro: Azougue, 2008. 255 p.

DESBOIS, Laurent. A odisseia do cinema brasileiro: da Atlântida a Cidade de Deus. São Paulo: Companhia das Letras, 2016. Título original: L’Odyssée du cinéma brésilien. Tradução: Julia da Rosa Simões.

EBERT, Roger. A magia do cinema. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004. 554 p.

EBERT, Roger. Grandes filmes. Rio de Janeiro: Ediouro, 2006. 529 p.

EWALD FILHO, Rubens; LEBERT, Nilu. O cinema vai à mesa: histórias e receitas. São Paulo: Melhoramentos, 2007. 191 p.

FERRO, Marc. Cinema e história.  2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2010. 244 p. Título original: Cinéma et histoire. Tradução: Flávia Nascimento.

GAUDREAULT, André; JOST, François. A narrativa cinematográfica. Brasília: Ed. UnB, 2009. 227 p. Título original: Le récit cinématographique. Tradução de MÜLLER, Adalberto et al.

GONÇALVES, Maurício R. Cinema e identidade nacional no Brasil: 1898 – 1969. São Paulo: LCTE, 2011. 304 p.

JULLIER, Laurent; MARIE, Michel. Lendo as imagens do cinema. São Paulo: Senac, 2009. 285 p.

KEMP, Philip (Ed.) Tudo sobre cinema. Rio de Janeiro: Sextante, 2011. 576 p.

LANDEIRA-FERNADEZ, J.; CHENIAUX, Elie. Cinema e loucura: conhecendo os transtornos mentais através dos filmes. Porto Alegre: Artmed, 2010. 287 p.

LEKITSCH, Stevan. Cine arco-íris: 100 anos de cinema LGBT nas telas brasileiras. São Paulo: GLS, 2011. 271 p.

MACHADO, Arlindo. O sujeito na tela: modos de enunciação no cinema e no ciberespaço. São Paulo: Paulus, 2007. 250 p.

MACHADO, Arlindo. Pré-cinemas & pós-cinemas.  6. ed. Campinas (SP): Papirus, 2011a. 271 p.

MACHADO, Frederico (Ed.) Os filmes que sonhamos. São Luís (MA): Lume Filmes, 2011b. 254 p.

MARTIN, Marcel. A linguagem cinematográfica. Lisboa: Dinalivro, 2005. 334 p.

MASCARELLO, Fernando (Ed.) História do cinema mundial. 7. ed. Campinas: Papirus, 2011. (Coleção Campo Imagético). 432 p.

MITTERAND, Henri (Ed.) 100 filmes: da literatura para o cinema. Rio de Janeiro: Best Seller, 2014. 351 p.

MÜLLER, Jürgen (Ed.) Cine de los 2000. Madrid: Taschen, 2012. 864 p.

NAGIB, Lúcia. A utopia no cinema brasileiro: matrizes, nostalgias, distropias. São Paulo: Cosacnaify, 2006. 209 p.

NAPOLITANO, Marcos. Como usar o cinema na sala de aula.  5. ed. São Paulo: Contexto, 2015. 251 p.

RAMOS, Luciano. Os melhores filmes novos: 290 filmes comentados e analisados. São Paulo: Contexto, 2009. 334 p.

SADOUL, Georges. Dictionnaire des cinéastes. Paris: Seuil, 1982.

SCHNEIDER, Steven Jay (Ed.) 1001 filmes para ver antes de morrer. Rio de Janeiro: Sextante, 2010. 959 p.

SHAVIRO, Steven. O corpo cinemático. São Paulo: Paulus, 2015. 317 p. Título original: The cinematic body. Tradução de FAGUNDES, Anna.

SILVA, Paulo Henrique (Ed.) 100 melhores filmes brasileiros. Belo Horizonte (MG): Letramento, 2016. 429 p.

TARKOVSKI, Andrei. Esculpir o tempo.  3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010. 306 p.

THORN, Becky. Jantares de cinema: receitas dos seus filmes favoritos. Belo Horizonte: Gutenberg, 2011. 173 p. Tradução de VELOSO, Daniel.

VIANNA, Antonio Moniz. Um filme por dia: crítica de choque (1946-73). São Paulo: Companhia das Letras, 2004. 415 p. Organização de Ruy Castro.

XAVIER, Ismail (Ed.) A experiência do cinema: antologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Graal; Embrafilmes, 2008.

[1] Compilação: Osmar Arouck. Brasília. [última atualização: 02.04.2017].

[2] Blog: https://cineforumccb.wordpress.com; Twitter: https://twitter.com/CineForumCCB