Tão longe, tão perto!


25 DE JULHO
terça-feira − 19h30

In weiter Ferne, so nah! (Tão longe, tão perto!). Direção: Wim Wenders. Produção: Wim Wenders Ulrich Felsberg. Roteiro: Wim Wenders, Ulrich Zieger, Richard Reitinger. Música: Laurent Petitgand, Graeme Revell. Fotografia: Jürgen Jürges. Edição: Peter Przygodda. Design de produção: Albrecht Konrad. Direção de arte: Martin Schreiber. Figurino: Esther Walz. Elenco: Otto Sander, Nastassja Kinski, Peter Falk, Bruno Ganz, Horst Buchholz e outros.
― 1993, Alemanha. 2h 24min. Em alemão, francês, inglês, italiano, russo, com legendas em português.

Quando um anjo ousa cruzar a linha, ele chega a cidade de Berlim passando pela dura realidade do pós-Guerra Fria e acaba engajado em um combate fatal para proteger os mortais que ele ama.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

 

 Críticas e comentários

Anúncios

As invasões bárbaras

As invasões bárbaras (Denys Arcand, 2003)

15 DE NOVEMBRO
terça-feira − 19h30

Les invasions barbares (As invasões bárbaras). Direção e roteiro: Denys Arcand. Produção: Daniel Louis, Denise Robert, Fabienne Vonier. Música: Pierre Aviat. Fotografia: Guy Dufaux. Edição: Isabelle Dedieu. Elenco: Rémy Girard, Stéphane Rousseau, Marie-Josée Croze, Marina Hands, Dorothée Berryman e outros.
― Canadá, França, 2003. 1h 39min. Em francês e inglês, com legendas em português.

Considerado um dos melhores filmes de 2003, As Invasões Bárbaras é um filme raro. Emocionante, sem ser piegas, e ao mesmo tempo moderno. O diretor Denys Arcand promove o reencontro dos amigos de O Declínio do Império Americano dezoito anos depois. Eles estão juntos novamente para se despedir de Rémy, abatido por um câncer raro. A reunião é promovida por seu filho. Sensível, envolvente, com um humor afinadíssimo e muito inteligente.

Não recomendado para menores de 16 anos

Críticas e comentários

A Partida

A partida ― Yojiro Takita (2008)

No dia 5 de novembro, terça-feira, às 19h30, no Centro Cultural de Brasília (jesuítas), o Cine-Fórum apresenta o filme A Partida, dirigido pelo japonês Yojiro Takita.

Sinopse

Daigo, um jovem violoncelista, volta à cidade natal com a esposa depois que a orquestra onde toca é dissolvida. Passa a trabalhar como nokanshi, um tipo de assistente de um agente funerário, o que significa que terá que manipular pessoas mortas. De início, Daigo tem nojo e vergonha da situação, mas a aceita devido ao dinheiro. Apesar disto, esconde o novo trabalho da esposa. Aos poucos ele passa a compreender o sentido de seu trabalho e o próprio sentido da vida e da morte.

Okuribito / おくりびと • A partida ― Yojiro Takita (2008) Japão. Roteiro: Kundô Koyama. Elenco: Masahiro Motoki, Ryôko Hirosue, Tsutomu Yamazaki. (130 min). Distribuidor: Content Film. Idioma: Japonês, legendas em português.

Entrada franca

Classificação indicativa

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos