Pequeno Festival de Despedida

Cine-paradiso

Encerrando suas atividades, o Cine-Fórum se despede com três filmes que simbolizam — ou desejam simbolizar — o sentido de nossos encontros semanais: amor pela vida, valorização da cultura e paixão pelo cinema.

Ao longo desses anos, buscou-se formar plateia e construir uma comunidade que, em sua diversidade, percebe no cinema um ponto de encontro para o diálogo e um  veículo de cultura e proposta de valores.

Obrigado a todos e todas por tão bons momentos.

JUNHO

  6 — Ladrões de bicicleta (Vittorio De Sica, 1948) ⭐ 70 anos
13 — Cinema Paradiso (Giuseppe Tornatore, 1988)
20 — Splendor (Ettore Scola, 1989)

Luta antimanicomial

Dia 18 de maio, no Brasil, celebra-se o Dia da Luta Antimanicomial.
Aderindo a essa causa, o Cine-Fórum apresenta em maio alguns filmes que podem contribuir com o debate sobre saúde mental.

Maio

  2 — Ciúme à italiana (Ettore Scola, 1970)
  9 — A hora do lobo (Ingmar Bergman, 1968) 50 anos
16 — Léolo (Jean-Claude Lauzon, 1992)
23 — As três máscaras de Eva (Nunnally Johnson, 1957)
30 — Desajustados (Dagur Kári, 2015)

Abril

No mês de abril, o Cine-Fórum apresenta quatro filmes nos quais a relação entre duas pessoas abre-se para possibilidades inesperadas.

Abril

  4 — A vida secreta das palavras (Isabel Coixet, 2005)
11 — A mulher e o atirador de facas (Patrice Leconte, 1999)
18 — Persona (Ingmar Bergman, 1966)
25 — O marido da cabeleireira (Patrice Leconte, 1990)