White God

White God (Kornél Mundruczó, 2014)

Fehér isten | White God (Deus branco). Direção: Kornél Mundruczó. Produção: Eszter Gyárfás, Viktória Petrányi. Roteiro: Kornél Mundruczó, Viktória Petrányi, Kata Wéber. Música: Asher Goldschmidt. Fotografia: Marcell Rév. Edição: Dávid Jancsó. Elenco: Zsófia Psotta, Sándor Zsótér, Lili Horváth, Szabolcs Thuróczy, Lili Monori e outros.
― 2014, Hungria, Alemanha, Suécia. 2h 1min. Em húngaro, inglês.

Em uma sociedade distópica em que a criação de cachorros implica no pagamento de uma taxa especial, Lili, uma menina de 13 anos, tenta reencontrar seu melhor amigo canino após seu pai ter abandonado o animal na rua.

[ficha técnica IMDB]

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

Críticas e comentários

O palácio francês

 

O palácio francês (Bertrand Tavernier, 2013)

Quai d’Orsay (O palácio francês). Direção: Bertrand Tavernier. Produção: Frédéric Bourboulon, Jérôme Seydoux. Roteiro: Abel Lanzac [Antonin Baudry], Christophe Blain, Bertrand Tavernier, baseado nos quadrinhos Quai d’Orsay – Chroniques diplomatiques, de Abel Lanzac e Christophe Blain. Música: Philippe Sarde. Fotografia: Jérôme Alméras. Edição: Guy Lecorne. Elenco: Thierry Lhermitte, Raphaël Personnaz, Niels Arestrup, Bruno Raffaelli, Julie Gayet e outros.
― 2013, França. 1h 53min. Em francês.

Graduado na École nationale d’administration, o jovem Arthur é chamado para trabalhar no Ministério das Relações Exteriores da França, à serviço de um ambicioso ministro. Arthur será responsável por elaborar o discurso do ministro, mas logo percebe que em meio a golpes políticos e vaidades pessoais, esta tarefa não será nada fácil.

[ficha técnica IMDB]

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

Críticas e comentários

Desajustados

Desajustados  - Dagur Kári.jpg

30 maio
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Fúsi (Desajustados). Direção: Dagur Kári. Produção: Agnes Johansen, Baltasar Kormákur. Roteiro: Dagur Kári. Música: Karsten Fundal, Dagur Kári. Fotografia: Rasmus Videbæk. Edição: Olivier Bugge Coutté Andri Steinn. Elenco: Gunnar Jónsson, Ilmur Kristjánsdóttir, Sigurjón Kjartansson, Margrét Helga Jóhannsdóttir, Franziska Una Dagsdóttir e outros.
― 2015, Islândia, Dinamarca. 1h 34min. Em islandês, com legendas em português.

Fúsi tem 43 anos, é corpulento, tímido e solitário. Mora com a mãe, trabalha no setor de bagagens de um aeroporto. Seu único amigo, casado e com filhos, compartilha com ele a paixão por colecionar miniaturas de soldados e tanques da Segunda Guerra Mundial. A rotina é alterada quando Fúsi conhece Sjöfn, em um curso de dança de salão.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

Críticas e comentários

 

Pedalando com Molière

Pedalando com Molière (Philippe Le Guay, 2013)

28 fev.
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Alceste à bicyclette (Pedalando com Molière). Direção: Philippe Le Guay. Produção: Anne-Dominique Toussaint. Roteiro: Philippe Le Guay, Fabrice Luchini, Emmanuel Carrère. Música: Jorge Arriagada. Fotografia: Jean-Claude Larrieu. Edição: Monica Coleman. Design de produção: Françoise Dupertuis. Elenco: Fabrice Luchini, Lambert Wilson, Maya Sansa, Camille Japy, Ged Marlon e outros. ― 2013, França. 1h 44min. Em francês, italiano, com legendas em português.

Cansado da carreira de ator, o respeitado Serge Tanneur decide abandonar os palcos e se aposentar, vivendo isolado na pequena Ilha de Ré. Sua calma é interrompida pela chegada de Gauthier Valence, ator de televisão popular, que o convida a interpretar o papel principal em uma adaptação de O Misantropo, de Molière. Afinal, a nova condição de Serge combina muito bem com o personagem clássico… Após a recusa inicial, Serge propõe um desafio: ambos devem ensaiar a primeira cena da peça juntos, nos papéis de Philinte e Alceste, e depois de cinco dias treinando, ele dará a resposta sobre sua participação. Começam assim os jogos de poder e manipulação entre os dois homens.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

Críticas e comentários