Splendor

 

Splendor (Ettore Scola, 1989)

20 jun.
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Splendor. Direção e roteiro: Ettore Scola (1931–2016). Música: Armando Trovajoli. Fotografia: Luciano Tovoli. Edição: Francesco Malvestito. Design de produção: Luciano Ricceri. Elenco: Marcello Mastroianni (1924–1996), Massimo Troisi (1953–1994), Marina Vlady (1938-), Paolo Panelli, Pamela Villoresi e outros.
― 1989, Itália, França. 1h 50min. Em italiano, com legendas em português.

Jordan tem seu próprio cinema na Itália, chamado Splendor. Chantal é sua esposa e caixa do cinema, enquanto Luigi é um amigo da família e projecionista dos filmes. E tudo parecia tranquilo até que as pessoas se desinteressaram pelo cinema. Jordan recebe uma proposta para vender a sala para um outro ramo de negócio. Talvez seja a solução para pagar suas dívidas, embora seja o fim de seus sonhos.

Livre para todos os públicos

Um pano branco estendido e um menino sentado em frente dele. Esse é o cinema de Ettore Scola. Nessa emocionante narrativa, o diretor italiano provoca a nostalgia no espectador ao projetar, na tela do cinema Splendor, alguns dos sucessos que conquistaram o mundo. Filmes dentro do filme. A metalinguística aqui não é apenas um diálogo, mas também uma homenagem.

Gabriela Miranda

 

 

Críticas e comentários

Anúncios

Cinema Paradiso

Cinema Paradiso (Giuseppe Tornatore, 1988)

13 jun.
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Nuovo cinema Paradiso (Cinema Paradiso). Direção: Giuseppe Tornatore. Produção: Franco Cristaldi, Giovanna Romagnoli. Roteiro: Giuseppe Tornatore, Vanna Paoli. Música: Ennio Morricone. Fotografia: Blasco Giurato. Edição: Mario Morra. Design de produção: Andrea Crisanti. Elenco: Antonella Attili, Enzo Cannavale, Isa Danieli, Leo Gullotta, Marco Leonardi e outros.
― 1988, Itália, França. 2h 35min. Em italiano, com legendas em português.

O menino Toto se encanta pelo cinema e inicia uma grande amizade com o projecionista de sua pequena cidade. Já adulto e agora um cineasta bem-sucedido, Toto volta a lembrar de sua infância ao descobrir que seu velho amigo faleceu.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

Fitzcarraldo

Fitzcarraldo (Werner Herzog, 1982)

 

28 mar.
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Fitzcarraldo. Direção: Werner Herzog. Produção: Werner Herzog, Willi Segler, Lucki Stipetic. Roteiro: Werner Herzog. Música: Popol Vuh. Fotografia: Thomas Mauch. Edição: Beate Mainka-Jellinghaus. Design de produção: Ulrich Bergfelder, Henning von Gierke. Figurino: Gisela Storch. Elenco: Klaus Kinski, Claudia Cardinale, José Lewgoy, Milton Nascimento, Miguel Ángel Fuentes e outros.
― 1982, Alemanha Ocidental; Peru. 2h 38min. Em alemão, espanhol, italiano, com legendas em português.

No final do século XIX, no apogeu do ciclo da borracha, o aventureiro Brian Sweeney Fitzgerald sonha em construir um teatro de ópera na Amazônia peruana. Para realizar seu sonho, faz com que centenas de índios arrastem um barco a vapor de 160 toneladas pelo coração da selva amazônica. Uma empreitada incrível em busca de um sonho.

One of the great visions of the cinema,
and one of the great follies.

— Roger Ebert

 

Livre para todos os públicos

 

Críticas e comentários

 

Blade Runner (1982)

28 DE NOVEMBRO
terça-feira − 19h30

Blade Runner (Blade Runner, o caçador de androides). Direção: Ridley Scott. Produção: Michael Deeley. Roteiro: Hampton Fancher, David Webb Peoples, inspirado no romance Do Androids Dream of Electric Sheep? (1968), de Philip K. Dick. Música: Vangelis. Fotografia: Jordan Cronenweth. Edição: Terry Rawlings, Marsha Nakashima. Design de produção: Lawrence G. Paull. Direção de arte: David L. Snyder. Figurino: Michael Kaplan, Charles Knode. Elenco: Harrison Ford, Rutger Hauer, Daryl Hannah, James Hong, Sean Young e outros.
― 1982, Estados Unidos, Hong Kong. 1h 57min. Em inglês, com legendas em português.

No século 21, uma corporação desenvolve clones humanos para serem usados como escravos em colônias fora da Terra, identificados como replicantes. Em 2019, um ex-policial é acionado para caçar um grupo fugitivo vivendo disfarçado em Los Angeles.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

 Críticas e comentários

Guerra nas Estrelas: O Império contra-ataca

O Império contra-ataca (Irvin Kershner, 1980)

21 DE NOVEMBRO
terça-feira − 19h30

Star Wars: episode V – The Empire strikes back (Guerra nas Estrelas: O Império contra-ataca). Direção: Irvin Kershner. Produção: Gary Kurtz. Roteiro: Leigh Brackett, Lawrence Kasdan, George Lucas. Música: John Williams. Edição: Paul Hirsch. Design de produção: Norman Reynolds. Direção de arte: Leslie Dilley, Harry Lange, Alan Tomkins. Figurino: John Mollo. . Elenco: Mark Hamill, Harrison Ford, Carrie Fisher, Billy Dee Williams, Anthony Daniels e outros.
― 1980, Estados Unidos. Lucasfilm.2h 4min. Em inglês, com legendas em português.

Yoda treina Luke Skywalker para ser um cavaleiro Jedi. Han Solo corteja a Princesa Leia enquanto Darth Vader retorna para combater as forças rebeldes que tentam salvar a galáxia.

The Empire Strikes Back is the best of three Star Wars films,
and the most thought-provoking.

Roger Ebert

Livre para todos os públicos

 Críticas e comentários

Rain man


8 DE AGOSTO
terça-feira − 19h30

Rain Man. Direção: Barry Levinson. Produção: Mark Johnson. Roteiro: Barry Morrow, Ronald Bass. Música: Hans Zimmer. Fotografia: John Seale. Edição: Stu Linder. Design de produção: Ida Random. Direção de arte: William A. Elliott. Cenário: Linda DeScenna. Figurino: Bernie Pollack. Elenco: Dustin Hoffman, Tom Cruise, Valeria Golino, Gerald R. Molen, Jack Murdock e outros.
― 1988, Estados Unidos. 2h 13min. Em inglês, italiano, com legendas em português.

O insensível Charlie Babbitt espera receber uma grande herança após a morte de seu pai. Mas Raymond, seu irmão mais velho internado em uma instituição médica, alguém cuja existência Charlie ignorava até então, é quem recebe toda a fortuna. Decepcionado e desesperado, Babbitt sequestra Raymond, ao longo do convívio forçado brota a percepção do vínculo entre os dois.

Livre para todos os públicos

 Críticas e comentários

Trilha sonora no Spotify

As bostonianas

27 DE JUNHO
terça-feira − 19h30

The Bostonians (As bostonianas). Direção: James Ivory. Produção: Ismail Merchant. Roteiro: Ruth Prawer Jhabvala, baseado no romance The Bostonians (1886), de Henry James (1843–1916). Música: Richard Robbins. Fotografia: Walter Lassally. Edição: Mark Potter Jr., Katherine Wenning. Elenco: Vanessa Redgrave, Christopher Reeve, Jessica Tandy, Madeleine Potter, Nancy Marchand, Wesley Addy.
― 1984, Reino Unido, Estados Unidos. 2h 2min. Em inglês, com legendas em português.

Boston, 1875. Uma das líderes do movimento feminista se deixa fascinar por Verena, uma jovem e talentosa oradora, que por sua vez se envolve com um advogado de pensamento conservador quanto ao papel da mulher na sociedade. A jovem fica indecisa entre a causa feminista e o casamento e a vida doméstica convencional.

 

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos