Nine

Nine (Rob Marshall, 2009)
27 DE SETEMBRO
terça-feira − 19h30

Nine. Direção: Rob Marshall. Produção: John DeLuca; Rob Marshall; Marc Platt; Harvey Weinstein. Roteiro: Michael Tolkin, Anthony Minghella, baseado no musical de Arthur Kopit, Maury Yeston, a partir de texto de Mario Fratti Música: Andrea Guerra. Fotografia: Dion Beebe. Edição: Claire Simpson, Wyatt Smith. Elenco: Daniel Day-Lewis, Sophia Loren, Nicole Kidman, Penélope Cruz, Sandro Dori e outros.
― Estados Unidos, Itália, 2009. 1h 58min. Em inglês, italiano, francês, com legendas em português.

Guido Contini é um famoso diretor de cinema às voltas com a crise da meia idade, repleto de problemas pessoais e com déficit criativo. Homem de muitas mulheres, seu maior desafio é buscar o equilíbrio entra a esposa, sua amante, sua musa no cinema, sua figurinista e confidente, uma jornalista de moda, uma prostituta e sua própria mãe. Baseado no filme Oito e Meio, de Federico Fellini,

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

#SophiaLoren82

Os girassóis da Rússia

Os girassóis da Rússia (Vittorio De Sica, 1970)
20 DE SETEMBRO
terça-feira − 19h30

I girasoli (Os girassóis da Rússia). Direção: Vittorio De Sica. Produção: Arthur Cohn; Carlo Ponti. Roteiro: Tonino Guerra, Cesare Zavattini, Giorgi Mdivani. Música: Henry Mancini. Fotografia: Giuseppe Rotunno. Edição: Adriana Novelli. Elenco: Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Lyudmila Savelyeva, Galina Andreeva, Anna Carena, Nadya Serednichenko.
― Itália, França, União Soviética, 1970. 1h 47min. Em italiano, inglês, russo.

Quando termina a Segunda Guerra Mundial, Giovanna não consegue aceitar que seu marido tenha morrido em combate na Rússia. Então, ela decide viajar atrás de seu paradeiro, passando por cidades e campos de girassóis. Quando enfim ela o encontra, percebe que algo mudou na relação entre eles.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

#SophiaLoren82

A Condessa de Hong Kong

A Condessa de Hong Kong (Charles Chaplin, 1967)
13 DE SETEMBRO
terça-feira − 19h30

A Countess from Hong Kong (A Condessa de Hong Kong). Direção, roteiro e música: Charles Chaplin. Produção: Jerome Epstein; Charles Chaplin. Fotografia: Arthur Ibbetson. Edição: Gordon Hales. Elenco: Marlon Brando, Sophia Loren, Sydney Chaplin, Tippi Hedren, Patrick Cargill e outros.
― Reino Unido, 1967. 2h. Em inglês, francês, com legendas em português.

A história se passa principalmente em um navio que vai de Hong Kong para os Estados Unidos, e coloca em cena a Condessa Natascha (Sophia Loren), destituída de seus bens após a Revolução de 1917, e o empresário e diplomata Ogden Mears (Marlon Brando), que se envolve com a Condessa e se vê obrigado a escondê-la ilegalmente em sua cabine até a chegada a um território americano.

Livre para todos os públicos

Comentários e críticas

A bela moleira

A bela moleira (Mario Camerini, 1955)
6 DE SETEMBRO
terça-feira − 19h30

La bella mugnaia (A bela moleira). Direção: Mario Camerini. Produção: Dino De Laurentiis; Carlo Ponti. Roteiro: Augusto Camerini, Mario Camerini, Sandro Continenza, Ennio De Concini, Ivo Perilli, baseado no romance El sombrero de tres picos (1874), de Pedro Antonio de Alarcón. Música: Angelo Francesco Lavagnino. Fotografia: Enzo Serafin. Edição: Gisa Radicchi Levi. Elenco: Vittorio De Sica, Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Paolo Stoppa, Yvonne Sanson e outros.
― Itália, 1955. 1h 38min. Em italiano, com legendas em português.

Final do século 17, em uma Nápoles sob jugo espanhol, todos os cidadãos da cidade são obrigados a pagar imposto até sobre a chuva, mesmo que ela não caia. A exceção é feita para o moleiro Luca (Marcello Mastroianni), casado com Carmela (Sophia Loren), a mulher mais bonita e desejada da região, e que só por isso é favorecido pelo poderoso governador Teófilo (Vittorio De Sica), que cobiça a mulher do moleiro.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

#SophiaLoren82

Sophia 8.2

Sophia Loren

Celebre conosco os 82 anos da grande atriz italiana,
comemorado no dia 20 de setembro.
O nosso pequeno festival é também uma homenagem
a seus fãs de todos os tempos, e de todas a idades.

 

Pequeno festival Sophia Loren
(setembro)

6 – A bela moleira (Mario Camerini, 1955)
13 – A Condessa de Hong Kong (Charles Chaplin, 1967)
20 – Os girassóis da Rússia (Vittorio De Sica, 1970)
27 – Nine (Rob Marshall, 2009)

#SophiaLoren82

Primavera para Hitler

Primavera para Hitler (Mel Brooks, 1967)

30 DE AGOSTO
terça-feira − 19h30

The Producers (Primavera para Hitler). Direção: Mel Brooks. Produção: Sidney Glazier. Roteiro: Mel Brooks. Música: John Morris. Fotografia: Joseph F. Coffey. Edição: Ralph Rosenblum. Elenco: Gene Wilder, Zero Mostel, Estelle Winwood, Dick Shawn, Renée Taylor e outros.
― Estados Unidos, 1967. 1h 28min Em inglês, alemão, com legendas em português.

Um produtor de teatro falido e um tímido contador criam o plano ideal para levantar dinheiro fácil – superfaturar um orçamento de produção para uma peça na Broadway, fazer do espetáculo um tremendo fracasso, e fugir para o Rio de Janeiro com o dinheiro arrecadado. Assim, eles produzem Primavera para Hitler, um infame musical sobre o nazismo. Porém, a peça se transforma num grande sucesso, para o desespero dos trambiqueiros.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

Dr. Fantástico

Dr. Fantástico (Stanley Kubrick, 1964)

23 DE AGOSTO
terça-feira − 19h30

Dr. Strangelove (Dr. Fantástico). Direção: Stanley Kubrick. Produção: Stanley Kubrick. Roteiro: Stanley Kubrick, Terry Southern, Peter George, baseado no romance  “Red Alert”, de Peter George. Música: Laurie Johnson. Fotografia: Gilbert Taylor. Edição: Anthony Harvey. Elenco: Peter Sellers, George C. Scott, Sterling Hayden, Keenan Wynn, Slim Pickens e outros.
― Reino Unido, Estados Unidos, 1964. P&B, 1h 35min. Em inglês, russo, com legendas em português.

O General Ripper fica maluco e arma um plano para iniciar a guerra nuclear. Então as autoridades máximas dos Estados Unidos e da União Soviética tentam parar um avião-bombardeiro cuja tripulação recebera ordens de lançar uma bomba nuclear na Rússia.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

 Críticas e comentários