As sandálias do pescador

As sandálias do pescador

No dia 3 de março, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme As sandálias do pescador, dirigido pelo cineasta americano Michael Anderson, com Anthony Quinn (1915–2001). 

Sinopse

Depois de vários anos preso em um campo de trabalhos forçados na Sibéria, o padre Kiril Lakota é enviado à Roma, onde será criado cardeal. Com a morte do papa, Kiril torna-se um forte candidato à sucessão. Diante das pressões políticas do mundo, no período da Guerra Fria, quais as implicações de um papa vindo de um país comunista?
Baseado em romance homônimo de Morris West (1916 – 1999).

The Shoes of the Fisherman (As sandálias do pescador). Estados Unidos: 1968, 162 min, em inglês, latim, com legendas em português. Direção: Michael Anderson. Produtora: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM). Roteiro: John Patrick, James Kennaway, baseado no romance homônimo de Morris L. West. Elenco: Anthony Quinn, Laurence Olivier, Oskar Werner, Vittorio De Sica.

Entrada franca

Livre para todos os públicos

O Escarlate e o Negro

O Escarlate e o Negro

No dia 24 de fevereiro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme O Escarlate e o Negro, dirigido pelo cineasta americano Jerry London, com Gregory Peck (1916–2003). 

Sinopse

Cinebiografia de Monsenhor Hugh O’Flaherty (1898 – 1963), padre irlandês, importante figura da resistência ao nazismo, alto funcionário da Cúria Romana no pontificado de Pio XII. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi responsável por salvar milhares de soldados aliados e judeus. Devido à sua capacidade de evitar as armadilhas dos nazistas, Monsenhor O’Flaherty ganhou o apelido de Pimpinela Escarlate do Vaticano, em alusão ao herói da novela The Scarlet Pimpernel de Emma Orczy.

The Scarlet and the Black (O escarlate e o negro). Estados Unidos, Reino Unido, Itália: 1983, 143 min, em inglês, alemão, italiano, com legendas em português. Direção: Jerry London. Roteiro: David Butler, baseado no livro de J.P. Gallagher. Elenco: Gregory Peck, Christopher Plummer, John Gielgud.

Entrada franca

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

White Christmas (Natal branco)

White Christmas (1954)

Sessão pipoca de encerramento de 2014

No dia 16 de dezembro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme White Christmas, dirigido pelo cineasta húngaro-americano Michael Curtiz (1886–1962), com músicas de Irving Berlin (1888–1989). 

Sinopse

Bob Wallace e Phil Davis são uma dupla de ex-militares, atualmente na Broadway, que descobrem que seu antigo chefe, o major-general Thomas F. Waverly, tem um hotel nas montanhas que tem sido prejudicado pela falta de neve. Têm, então, a ideia de promover um show no hotel, para atrair hóspedes.

White Christmas (Natal branco). Estados Unidos: 1954, 120 min, em inglês, com legendas em português. Direção: Michael Curtiz. Música: Irving Berlin. Produção: Robert Emmett Dolan. Roteiro: Norman Krasna; Norman Panama; Melvin Frank. Elenco: Bing Crosby, Danny Kaye, Rosemary Clooney, Vera-Ellen.

Entrada franca

Livre para todos os públicos

Os vivos e os mortos

The Dead (Os vivos e os mortos) - John Huston. 1987

No dia 9 de dezembro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Os vivos e os mortos, dirigido pelo cineasta norte-americano John Huston (1906–1987), baseado no conto homônimo de James Joyce.

100 anos

Esta sessão comemora os 100 anos da publicação de Dubliners (Dublinenses), de James Joyce (1882-1941).

Sinopse

No início do século XX, numa noite de inverno em Dublin, durante um encontro de velhos amigos e novos conhecidos, vêm à tona lembranças dos muitos que morreram e a nostalgia de um tempo que já não existe mais.
O conto “Os Mortos”, publicado por James Joyce em 1914 na coletânea “Os Dublinenses”, capta sob uma narrativa de aparência simples um turbilhão vital por meio de gestos pequenos, mas decisivos, detalhes, olhares e sugestões.
Ao término de uma carreira vigorosa em que não faltaram bem-sucedidas adaptações, o cineasta John Huston, aos 81 anos, realizou seu filme de despedida com uma reflexão sobre a finitude na qual se equilibram delicadeza, emoção contida e um profundo amor à vida.

The Dead (Os vivos e os mortos). Reino Unido; Irlanda; Estados Unidos: 1987, 83 min, em Inglês. Direção: John Huston. Roteiro: Tony Huston, baseado em conto homônimo de James Joyce Elenco: Anjelica Huston, Donal McCann, Dan O’Herlihy, Donal Donnelly.

Entrada franca.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Hiroshima, meu amor

Hiroshima, mon amour (Alain Resnais, 1959)

No dia 2 de dezembro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Hiroshima, meu amor, dirigido pelo cineasta francês Alain Resnais (1922–2014).

Sinopse

Durante sua participação num filme sobre a paz, rodado em Hiroshima, uma atriz francesa tem uma aventura amorosa com um arquiteto japonês, o que reaviva nela lembranças de uma trágica paixão durante a ocupação nazista na França. Entre o passado de guerra e o presente de incertezas, ele e ela tentam tornar imortal este encontro fortuito, através da mistura de tempos, recordações e corpos.

Hiroshima, Mon Amour (Hiroshima, meu amor). França, Japão: 1959, 90 min, P&B, em francês, inglês, japonês, legendado em português. Direção: Alain Resnais. Roteiro: Marguerite Duras. Elenco: Emmanuelle Riva, Eiji Okada, Stella Dallas, Pierre Barbaud, Bernard Fresson.

Entrada franca.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Uma voz nas sombras

uma-voz-nas-sombras

Pequeno Festival
SIDNEY POITIER

No dia 25 de novembro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Uma voz nas sombras, dirigido pelo cineasta americano Ralph Nelson (1916–1987). 

Olhem como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. Eu, porém, lhes digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles.

Mateus 6, 28-29

Sinopse

Um trabalhador itinerante, passando pelo Arizona, encontra-se com cinco mulheres que tentam soerguer uma pequena e improdutiva fazenda.  A contragosto e sem pagamento, o hábil operário realiza o reparo de um telhado e vai envolvendo-se em outros afazeres. Essas mulheres são freiras alemãs e o incubem de construir uma nova capela para o local. O filme é uma doce parábola que evoca a confiança na Providência.

Lilies of the Field (Uma voz nas sombras). Estados Unidos: 1963, 94 min, P&B, em inglês, alemão, espanhol, com legendas em português. Direção: Ralph Nelson. Produção: Ralph Nelson, J. Paul Popkin. Roteiro: James Poe, baseado na novela “Lilies of the Field”, de William E. Barrett (1900–1986). Elenco: Sidney Poitier, Lilia Skala, Lisa Mann.

Entrada franca

Livre para todos os públicos

Acorrentados

The Defiant Ones (Stanley Kramer, 1958)

Pequeno Festival
SIDNEY POITIER

No dia 18 de novembro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Acorrentados, dirigido pelo cineasta americano Stanley Kramer (1913–2001). 

Sinopse

Joker Jackson e Noah Cullen são dois prisioneiros fugitivos, um negro e o outro branco, que tentam escapar de seus perseguidores. Os dois estão presos um ao outro por uma corrente de ferro e separados por um ódio mútuo e incontido. Em meio a uma inclemente perseguição feita com homens e cães farejadores, eles são obrigados a colocar de lado suas diferenças para sobreviver.

The Defiant Ones (Acorrentados). Estados Unidos: 1958, 96 min, P&B, em inglês, legendado em português. Direção: Stanley Kramer. Produção: Stanley Kramer. Roteiro: Nedrick Young, Harold Jacob Smith. Elenco: Sidney Poitier, Tony Curtis.

Entrada franca

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos