Chocolate

 

13  DE DEZEMBRO
quarta-feira − 19h30

Chocolat (Chocolate). Direção: Lasse Hallström. Produção: David Brown, Kit Golden, Leslie Holleran. Roteiro: Robert Nelson Jacobs, baseado no romance Chocolat (1999), de Joanne Harris. Música: Rachel Portman. Edição: Andrew Mondshein. Fotografia: Roger Pratt. Direção de arte: Lucy Richardson. Figurino: Renee Ehrlich Kalfus. Elenco: Juliette Binoche, Johnny Depp, Alfred Molina, Victoire Thivisol, Carrie-Anne Moss e outros.
― 2000, Reino Unido, Estados Unidos. 2h 1min. Em inglês, francês, com legendas em português.

Durante a Quaresma, em Lansquenet, uma aldeia francesa marcada pelas tradições e o peso da religião, chegam Vianne Rocher e sua filha Anouk. Vianne é uma jovem e encantadora mulher, mestra na fabricação de chocolate. A nova loja não é bem aceita pelo austero e controlador Conde de Reynaud.

 

O chef Gustavo Maragna, chocolatier, conversará com a plateia sobre a origem e fabricação do chocolate.

 

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

 

 

Essa sessão encerra a temporada 2017 do Cine-Fórum.
Voltaremos no dia 21 de fevereiro de 2018.

 

Anúncios

Blade Runner (1982)

28 DE NOVEMBRO
terça-feira − 19h30

Blade Runner (Blade Runner, o caçador de androides). Direção: Ridley Scott. Produção: Michael Deeley. Roteiro: Hampton Fancher, David Webb Peoples, inspirado no romance Do Androids Dream of Electric Sheep? (1968), de Philip K. Dick. Música: Vangelis. Fotografia: Jordan Cronenweth. Edição: Terry Rawlings, Marsha Nakashima. Design de produção: Lawrence G. Paull. Direção de arte: David L. Snyder. Figurino: Michael Kaplan, Charles Knode. Elenco: Harrison Ford, Rutger Hauer, Daryl Hannah, James Hong, Sean Young e outros.
― 1982, Estados Unidos, Hong Kong. 1h 57min. Em inglês, com legendas em português.

No século 21, uma corporação desenvolve clones humanos para serem usados como escravos em colônias fora da Terra, identificados como replicantes. Em 2019, um ex-policial é acionado para caçar um grupo fugitivo vivendo disfarçado em Los Angeles.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

 Críticas e comentários

Solaris

 

15 DE NOVEMBRO
quarta-feira − 19h30

Солярис (Solaris). Direção: Andrei Tarkovsky. Roteiro: Fridrikh Gorenshteyn, Andrei Tarkovsky, baseado no romance homônimo de Stanislaw Lem Música: Eduard Artemev. Fotografia: Vadim Yusov. Edição: Lyudmila Feyginova, Nina Marcus. Design de produção: Mikhail Romadin. Cenários: S. Gavrilov, V. Prokofev. Figurino: Nelli Fomina. Elenco: Natalya Bondarchuk, Donatas Banionis, Jüri Järvet, Vladislav Dvorzhetskiy, Nikolay Grinko e outros.
― 1972, União Soviética. P&B (eastman double-X negative film) e colorido (eastman color), 2h 47min. Em russo, alemão, com legendas em português.

Um famoso cosmonauta-psiquiatra é enviado para a estação científica que está em órbita do planeta oceânico Solaris. Na estação, há intrigantes aparições, motivando o suicídio de um dos tripulantes e causando intensa perturbação mental nos dois remanescentes. Ao debater a natureza das aparições com os cientistas a bordo, Kris tenta se aferrar à realidade, ao mesmo tempo em que luta contra a tentação de acreditar em sua própria alucinação. Tarkovsky, ao contrário das ficções científicas da época, procura explorar um espaço muito mais vasto e perigoso do que o que nos rodeia, o espaço interior.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

 

 

 Críticas e comentários

2001: uma odisseia no espaço

2001 uma odisseia no espaço (Stanley Kubrick, 1968)

7 DE NOVEMBRO
terça-feira − 19h30

2001: A Space Odyssey (2001: uma odisseia no espaço). Direção: Stanley Kubrick. Produção: Stanley Kubrick. Roteiro: Stanley Kubrick, Arthur C. Clarke, baseado no conto The Sentinel (1951), de Arthur C. Clarke (1917 – 2008). Música: Aram Khachaturyan, György Ligeti, Johann Strauss, Richard Strauss. Fotografia: Geoffrey Unsworth. Edição: Ray Lovejoy Elenco: Keir Dullea, Gary Lockwood, William Sylvester, Daniel Richter, Leonard Rossiter e outros.
― 1968, Estados Unidos, Reino Unido. Colorido (technicolor, metrocolor), 2h 29min. Em inglês, russo, com legendas em português.

Desde a Aurora do Homem, um misterioso monolito negro parece emitir sinais de outra civilização interferindo no nosso planeta. Quatro milhões de anos depois, no século XXI, uma equipe de astronautas é enviada à Júpiter para investigar o enigmático monolito na nave Discovery, totalmente controlada pelo computador HAL 9000. Entretanto, no meio da viagem HAL entra em pane e tenta assumir o controle da nave, eliminando um a um os tripulantes.

Livre para todos os públicos

 Críticas e comentários

Atirem no pianista

kinopoisk.ru

24 DE OUTUBRO
terça-feira − 19h30

Tirez sur le pianiste (Atirem no pianista). Direção: François Truffaut. Produção: Pierre Braunberger. Roteiro: François Truffaut, Marcel Moussy, baseado no romance Down There (1956), de David Goodis. Música: Georges Delerue. Fotografia: Raoul Coutard. Edição: Claudine Bouché, Cécile Decugis. Elenco: Charles Aznavour, Marie Dubois, Nicole Berger, Michèle Mercier, Serge Davri e outros.
― 1960, França. P&B, 1h 21min. Em francês, com legendas em português.

Após perder a esposa, o célebre pianista Edouard Saroyan abandona a carreira e passa a tocar em um bar, onde acaba reencontrando um de seus irmãos, que está envolvido com a máfia.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

 Críticas e comentários

 

 

Samba

Samba (Olivier Nakache e Eric Toledano, 2014)

17 DE OUTUBRO
terça-feira − 19h30

Samba. Direção: Olivier Nakache, Eric Toledano. Produção: Nicolas Duval Adassovsky, Laurent Zeitoun, Yann Zenou, Omar Sy. Roteiro: Eric Toledano, Olivier Nakache, Delphine Coulin, Muriel Coulin, a partir do romance Samba pour la France (2011), de Delphine Coulin. Música: Ludovico Einaudi. Fotografia: Stéphane Fontaine. Edição: Dorian Rigal-Ansous. Elenco: Omar Sy, Charlotte Gainsbourg, Tahar Rahim, Izïa Higelin, Issaka Sawadogo e outros.
― 2014, França. Gaumont. 1h 58min. Em francês, árabe, inglês, português, russo, sérvio, com legendas em português.

Samba é um imigrante do Senegal que vive há 10 anos na França, trabalha em um restaurante como lavador de pratos, mas tem problemas com a imigração e acaba por ser preso. Alice é uma executiva que sofreu uma crise de burnout devido ao trabalho excessivo e, agora, trabalha como voluntária em uma ONG que ajuda imigrantes em situação irregular como parte de seu tratamento. Duas vidas com poucas perspectivas que se cruzam e iniciam um relacionamento insólito.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

 

 Críticas e comentários

 

 

Léon Morin, padre

Léon Morin, padre (Jean-Pierre Melville, 1961)

4 DE OUTUBRO
quarta-feira − 19h30

Léon Morin, prêtre (Léon Morin, padre). Direção: Jean-Pierre Melville. Produção: Georges de Beauregard, Carlo Ponti. Roteiro: Jean-Pierre Melville, adaptação do romance Léon Morin, prêtre (1952), de Béatrix Beck (1914-2008). Música: Martial Solal. Fotografia: Henri Decaë. Edição: Jacqueline Meppiel. Elenco: Jean-Paul Belmondo, Emmanuelle Riva, Irène Tunc, Nicole Mirel, Gisèle Grimm e outros.
― 1961, França, Itália. P&B, 1h 57min. Em francês, com legendas em português.

Interior da França, durante a ocupação alemã, na Segunda Grande Guerra. Barny ― uma jovem viúva que vive com a sua filha pequena e que é militante do partido comunista ― decide dirigir-se à paróquia e confrontar um padre com a ideia da inexistência de Deus. Contudo, a reação do padre não era aquela que ela imaginava e desta inquietação surge um forte relacionamento entre os dois.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

 Críticas e comentários