Leolo… porque eu sonho…

16 maio
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Léolo (Leolo… porque eu sonho…). Direção e roteiro: Jean-Claude Lauzon (1953–1997). Produção: Aimée Danis, Lyse Lafontaine. Fotografia: Guy Dufaux. Edição: Michel Arcand. Elenco: Maxime Collin, Gilbert Sicotte, Ginette Reno, Denys Arcand, Julien Guiomar e outros.
― 1992, Canadá, França. 1h 47min. Em francês, com legendas em português.

Bairro operário de Montréal, nos anos 1950. Em uma família pobre, uma loucura hereditária que vem do avô e passa pelo pai atinge inexorável as quatro crianças da família. Léolo, o caçula, tenta escapar, refugiando-se na fantasia. A partir de sua fantasia onde sua mãe é fertilizada por um tomate portador do esperma de um camponês da Sicília, Léolo nega a nacionalidade quebequense e se declara italiano. Mergulhado em seu próprio mundo de fantasias, o menino tenta provar que não está destinado à loucura.

« Parce que moi je rêve,
moi je ne le suis pas. »

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

 

Anúncios

O marido da cabeleireira

Le mari de la coiffeuse 2

25 abril
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Le mari de la coiffeuse (O marido da cabeleireira). Direção: Patrice Leconte. Produção: Thierry de Ganay. Roteiro: Claude Klotz, Patrice Leconte. Música: Michael Nyman. Fotografia: Eduardo Serra. Edição: Joëlle Hache. Elenco: Jean Rochefort, Anna Galiena, Roland Bertin, Maurice Chevit, Philippe Clévenot e outros. ― 1990, França. 1h 22min. Em francês, árabe, com legendas em português.

Antoine, quando garoto, apaixonou-se por uma cabeleireira e sempre arrumava uma forma de cortar o cabelo para estar próximo da amada. Na maturidade, cai de amores por Mathilde, também cabeleireira.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

 

A mulher e o atirador de facas

 

11 abril
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

La fille sur le pont (A mulher e o atirador de facas / A garota sobre a ponte). Direção: Patrice Leconte. Produção: Christian Fechner. Roteiro: Serge Frydman. Fotografia: Jean-Marie Dreujou. Edição: Joëlle Hache. Elenco: Vanessa Paradis, Daniel Auteuil, Frédéric Pfluger, Demetre Georgalas, Catherine Lascault e outros. ― 1999, França. P&B, 1h 30min. Em francês, italiano, grego, com legendas em português.

Adèle, uma garota desesperada e com vários romances fracassados, deseja profundamente morrer. Tenta se matar pulando de uma ponte, mas é salva por Gabor, um atirador de facas e acaba se tornando sua parceira no número circense. Bem-sucedidos em seu perigoso ofício, os dois se envolvem em uma desafiante relação.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

 

Todas as manhãs do mundo

6  DE DEZEMBRO
quarta-feira − 19h30

Tous les matins du monde (Todas as manhãs do mundo). Direção: Alain Corneau. Produção: Jean-Louis Livi. Roteiro: Alain Corneau, Pascal Quignard, baseado no romance Tous les matins du monde (1991), de Pascal Quignard. Música: Jordi Savall. Fotografia: Yves Angelo. Edição: Marie-Josèphe Yoyotte. Design de produção: Bernard Vézat. Decoração: Françoise Doré. Figurino: Corinne Jorry. Elenco: Jean-Pierre Marielle, Gérard Depardieu, Guillaume Depardieu, Anne Brochet, Carole Richert e outros.
― 1991, França. 1h 55min. Em francês, com legendas em português.

França, século XVII, o compositor Marin Marais recorda o aprendizado e tensões vividos com seu mestre de viola de gamba Monsieur de Sainte-Colombe.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 Trilha sonora no Spotify

Os imperdoáveis

29 DE AGOSTO
terça-feira − 19h30

Unforgiven (Os imperdoáveis). Direção e produção: Clint Eastwood. Roteiro: David Webb Peoples. Música: Lennie Niehaus. Fotografia: Jack N. Green. Edição: Joel Cox. Elenco: Clint Eastwood, Gene Hackman, Morgan Freeman, Richard Harris, Jaimz Woolvett e outros.
― 1992, Estados Unidos. 2h 11min. Em inglês, com legendas em português.

Wyoming (EUA), séc. XIX. Um homem desfigura a face de uma prostituta com uma faca. As outras prostitutas oferecem um prêmio para quem caçar e matar o agressor de sua colega. Pistoleiros aposentados aceitam realizar esse último trabalho. Nesse filme desmitificador do Velho Oeste, a violência não é gloriosa e se manifesta como reação da insegurança masculina. As mulheres não são vistas como estereótipos e os antigos heróis celebrizados pela literatura popular são mostrados como ineptos ou farsantes.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

Tão longe, tão perto!


25 DE JULHO
terça-feira − 19h30

In weiter Ferne, so nah! (Tão longe, tão perto!). Direção: Wim Wenders. Produção: Wim Wenders Ulrich Felsberg. Roteiro: Wim Wenders, Ulrich Zieger, Richard Reitinger. Música: Laurent Petitgand, Graeme Revell. Fotografia: Jürgen Jürges. Edição: Peter Przygodda. Design de produção: Albrecht Konrad. Direção de arte: Martin Schreiber. Figurino: Esther Walz. Elenco: Otto Sander, Nastassja Kinski, Peter Falk, Bruno Ganz, Horst Buchholz e outros.
― 1993, Alemanha. 2h 24min. Em alemão, francês, inglês, italiano, russo, com legendas em português.

Quando um anjo ousa cruzar a linha, ele chega a cidade de Berlim passando pela dura realidade do pós-Guerra Fria e acaba engajado em um combate fatal para proteger os mortais que ele ama.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

 

 Críticas e comentários

Underground

18 DE JULHO
terça-feira − 19h30

Underground (Underground: mentiras de guerra). Direção: Emir Kusturica. Produção: Pierre Spengler. Roteiro: Dusan Kovacevic, Emir Kusturica. Música: Goran Bregovic. Fotografia: Vilko Filac. Edição: Branka Ceperac. Elenco: Predrag ‘Miki’ Manojlovic, Lazar Ristovski, Mirjana Jokovic, Slavko Stimac, Ernst Stötzner e outros.
― 1995, República Federal da Iugoslávia, França, Alemanha, Bulgária, República Checa, Hungria. 2h 50min Em sérvio, alemão, francês, inglês, russo, com legendas em português.

Durante a Segunda Guerra Mundial, num esconderijo subterrâneo em Belgrado, dois amigos fazem fortuna utilizando refugiados em um abrigo subterrâneo para produzir armas que vendem no mercado negro. Marko é um jovem líder de uma banda musical, e participa do submundo do tráfico de armas. Junto com seu amigo Blaky, Marko passa a fornecer armas aos membros da resistência e em pouco tempo conseguem enriquecer. No final do conflito, Marko continua iludindo os refugiados por mais quinze anos, para explorá-los e assim tornando-se mais ricos.

Não recomendado para menores de 16 anos

Sólo le pido a Dios
Que la guerra no me sea indiferente
Es un monstruo grande y pisa fuerte
Toda la pobre inocencia de la gente

León Gieco

 

Críticas e comentários