Desajustados

Desajustados  - Dagur Kári.jpg

30 maio
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Fúsi (Desajustados). Direção: Dagur Kári. Produção: Agnes Johansen, Baltasar Kormákur. Roteiro: Dagur Kári. Música: Karsten Fundal, Dagur Kári. Fotografia: Rasmus Videbæk. Edição: Olivier Bugge Coutté Andri Steinn. Elenco: Gunnar Jónsson, Ilmur Kristjánsdóttir, Sigurjón Kjartansson, Margrét Helga Jóhannsdóttir, Franziska Una Dagsdóttir e outros.
― 2015, Islândia, Dinamarca. 1h 34min. Em islandês, com legendas em português.

Fúsi tem 43 anos, é corpulento, tímido e solitário. Mora com a mãe, trabalha no setor de bagagens de um aeroporto. Seu único amigo, casado e com filhos, compartilha com ele a paixão por colecionar miniaturas de soldados e tanques da Segunda Guerra Mundial. A rotina é alterada quando Fúsi conhece Sjöfn, em um curso de dança de salão.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

Críticas e comentários

 

Anúncios

O marido da cabeleireira

Le mari de la coiffeuse 2

25 abril
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Le mari de la coiffeuse (O marido da cabeleireira). Direção: Patrice Leconte. Produção: Thierry de Ganay. Roteiro: Claude Klotz, Patrice Leconte. Música: Michael Nyman. Fotografia: Eduardo Serra. Edição: Joëlle Hache. Elenco: Jean Rochefort, Anna Galiena, Roland Bertin, Maurice Chevit, Philippe Clévenot e outros. ― 1990, França. 1h 22min. Em francês, árabe, com legendas em português.

Antoine, quando garoto, apaixonou-se por uma cabeleireira e sempre arrumava uma forma de cortar o cabelo para estar próximo da amada. Na maturidade, cai de amores por Mathilde, também cabeleireira.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

 

A vida secreta das palavras

The Secret Life of Words

 

4 abril
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

The secret life of words (A vida secreta das palavras). Direção: Isabel Coixet. Produção: Brendan J. Byrne, Esther García, Pedro Almodóvar. Roteiro: Isabel Coixet. Fotografia: Jean-Claude Larrieu. Edição: Irene Blecua. Elenco: Sarah Polley, Tim Robbins, Sverre Anker Ousdal, Javier Cámara, Danny Cunningham e outros.
― 2005, Espanha, Irlanda. 1h 55min. Em inglês, dinamarquês, com legendas em português.

Hanna é uma mulher solitária e com um passado misterioso. Funcionária exemplar, ela é obrigada a tirar férias. Sem ter o que fazer e nem para onde ir, Hanna é voluntária para cuidar de Josef, um homem que ficou temporariamente cego depois de uma explosão numa plataforma de petróleo. Uma estranha intimidade surge entre eles. É uma ligação cheia de segredos, verdades, mentiras, condescendência e dor, da qual nenhum deles irá sair ileso e a qual irá mudar a vida de ambos para sempre.

Não recomendado para menores de 16 anos

Críticas e comentários

 

O samurai

O samurai (Jean-Pierre Melville, 1967)

11 DE OUTUBRO
quarta-feira − 19h30

Le samouraï (O Samurai). Direção: Jean-Pierre Melville. Produção: Raymond Borderie, Eugène Lépicier. Roteiro: Jean-Pierre Melville, Georges Pellegrin. Música: François de Roubaix. Fotografia: Henri Decaë. Edição: Monique Bonnot, Yolande Maurette. Elenco: Alain Delon, François Périer, Nathalie Delon, Cathy Rosier, Jacques Leroy e outros.
― 1967, França, Itália. color. (Eastmancolor), 1h 45min. Em francês, com legendas em português.

Jef Costello (Alain Delon) é um assassino profissional metódico, contratado para matar um empresário em um clube noturno. Detido pela polícia, Jef preparara cuidadosamente um álibi, enquanto a polícia o vigia e os mandantes do crime o perseguem.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

 Críticas e comentários

 

 

A grande testemunha

A grande testemunha (Robert Bresson, 1966)6 DE DEZEMBRO
terça-feira − 19h30


Au hasard Balthazar (A grande testemunha). Direção e roteiro: Robert Bresson. Música: Jean Wiener. Fotografia: Ghislain Cloquet. Edição: Raymond Lamy. Direção de arte: Pierre Charbonnier. Elenco: Anne Wiazemsky, Walter Green, François Lafarge.
― França, Suécia, 1966. P&B, 1h 35min. Em francês, latim, com legendas em português.

História de Balthazar, um jumento, que desde sua infância se vê cercado por crianças que o adoram, até a idade adulta. Sua vida é contada juntamente com a da menina que lhe deu o nome ― enquanto é maltratado pelo dono, ela será humilhada por um amante sádico.

Livre para todos os públicos

Críticas e comentários

A hora da estrela

A hora da estrela (filme)

No dia 27 de outubro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme A hora da estrela, dirigido pela cineasta brasileira Suzana Amaral.

A história de uma moça, tão pobre que só comia cachorro quente.
Mas a história não é isso, é sobre uma inocência pisada, de uma miséria anônima.

Clarice Lispector

Sinopse

Nordestina, analfabeta funcional, perdida na paisagem de concreto paulistana. A quase invisível Macabea sobrevive mal remunerada, subnutrida e maltratada. Crônica trágica de uma brasileira semelhante a milhões de outras. Quando sonha, perde a vida.

A hora da estrela. Brasil: 1985. Direção: Suzana Amaral. Produção: Assunção Hernandes. Roteiro: Suzana Amaral e Alfredo Oroz, baseado no romance homônimo de Clarice Lispector (1925-1977). Elenco: Marcélia Cartaxo, José Dumont, Tamara Taxman, Fernanda Montenegro, Manoel Luiz Aranha e outros. Música: Marcus Vinícius. Fotografia: Edgar Moura. Edição: Idê Lacreta. 98 min, em português.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Entrada franca

Comentários, críticas, textos de apoio

Casa vazia

Casa Vazia (2004)

No dia 2 de junho, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Casa vazia, dirigido pelo cineasta coreano Kim Ki-Duk.

Sinopse

Um homem dedica-se a invadir residências quando os seus moradores estão fora, com intenção não de roubar ou destruir; mas antes pela sensação de passar uma noite em casa de estranhos. E antes de sair, retribui aos anfitriões que não conhece, lavando-lhes a roupa ou cuidando-lhes da casa. Mas a sua vida mudará quando entra na casa de um casal abastado e encontra alguém que desperta seu interesse.

Bin-jip (Casa vazia). Coreia do Sul, Japão: 2004. Direção e roteiro: Kim Ki-Duk. Elenco: Seung-yeon Lee, Hyun-kyoon Lee, Hyuk-ho Kwon, Jeong-ho Choi, Ju-seok Lee e outros. 88 min, em coreano, com legendas em português.

Entrada franca

Não recomendado para menores de 16 anos