A vida secreta das palavras

The Secret Life of Words

 

4 abril
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

The secret life of words (A vida secreta das palavras). Direção: Isabel Coixet. Produção: Brendan J. Byrne, Esther García, Pedro Almodóvar. Roteiro: Isabel Coixet. Fotografia: Jean-Claude Larrieu. Edição: Irene Blecua. Elenco: Sarah Polley, Tim Robbins, Sverre Anker Ousdal, Javier Cámara, Danny Cunningham e outros.
― 2005, Espanha, Irlanda. 1h 55min. Em inglês, dinamarquês, com legendas em português.

Hanna é uma mulher solitária e com um passado misterioso. Funcionária exemplar, ela é obrigada a tirar férias. Sem ter o que fazer e nem para onde ir, Hanna é voluntária para cuidar de Josef, um homem que ficou temporariamente cego depois de uma explosão numa plataforma de petróleo. Uma estranha intimidade surge entre eles. É uma ligação cheia de segredos, verdades, mentiras, condescendência e dor, da qual nenhum deles irá sair ileso e a qual irá mudar a vida de ambos para sempre.

Não recomendado para menores de 16 anos

Críticas e comentários

 

Anúncios

Volver

Volver (Pedro Almodóvar, 2006)7 DE JUNHO
terça-feira − 19h30

Volver. Direção: Pedro Almodóvar. Produção: Esther García, Agustín Almodóvar, Toni Novella. Roteiro: Pedro Almodóvar. Música: Alberto Iglesias. Elenco: Penélope Cruz, Carmen Maura, Lola Dueñas, Blanca Portillo, Yohana Cobo e outros.
― Espanha, 2006. 2h 1min. Em espanhol, com legendas em português.

Raimunda é uma mulher jovem trabalhadora, atraente, frágil emocionalmente. Raimunda guarda um segredo terrível desde sua infância. Vive com um marido desempregado e uma filha em plena adolescência. As finanças familiares não vão muito bem, e assim ela equilibra as finanças com diversos empregos. Sua irmã Sole, tímida e receosa, ganha a vida com um salão de beleza irregular. Seu marido a abandonou e fugiu com uma cliente e desde então ela vive sozinha. Paula é tia delas e mora em uma aldeia em La Mancha, onde toda a família nasceu. Uma aldeia castigada pelos ventos leste, a causa direta do alto índice de insanidade registrado lá e responsável pelos diversos incêndios que devastam a área em todos os verões.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

Um homem chamado Flor de Outono

um-homem-chamado-flor-de-outono

No dia 24 de junho, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Um homem chamado Flor de Outono, dirigido pelo cineasta espanhol Pedro Olea.

Sinopse

Barcelona dos anos 1920, homossexualidade, segredos e militância política se entrelaçam. Luís de Serracant, membro de família burguesa catalã, durante o dia atua como advogado engajado na defesa de operários presos pelo regime ditatorial de Primo de Rivera. À noite, entretanto, ele atua sob a alcunha de Flor de Outono, cantora popular em um cabaré. O filme gira em torno do mistério da morte de uma travesti e das atividades terroristas de Flor de Outono.

Un hombre llamado Flor de OtoñoUm homem chamado Flor de Outono. Espanha: 1978, 100 min, em espanhol, legendas em português. Direção: Pedro Olea. Roteiro: Rafael Azcona, Pedro Olea, baseado em peça homônima de José María Rodríguez Méndez. Elenco: José Sacristán, Francisco Algora, Carmen Carbonell.

Entrada franca.

Não recomendado para menores de 16 anos