Dois homens em Manhattan

Dois homens em Manhattan

18 DE OUTUBRO
quarta-feira − 19h30

Deux hommes dans Manhattan (Dois homens em Manhattan). Direção e roteiro: Jean-Pierre Melville. Produção: Florence Melville, Alain Térouanne. Música: Christian Chevallier, Martial Solal. Fotografia: Nicolas Hayer. Edição: Monique Bonnot. Elenco: Pierre Grasset, Christiane Eudes, Jean-Pierre Melville, Ginger Hall, Colette Fleury e outros.
― 1959, França. P&B, 1h 24min. Em francês, inglês, com legendas em português.

O repórter Moreau e o fotógrafo Pierre Delmas buscam um diplomata da delegação francesa nas Nações Unidas que desapareceu misteriosamente em Nova Iorque.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

 Críticas e comentários

 

 

Anúncios

A fraternidade é vermelha

A fraternidade é vermelha (Krysztof Kieslowski, 1994)

No dia 26 de agosto, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme A fraternidade é vermelha, dirigido pelo cineasta polonês Krzysztof Kieslowski (1941–1996).

Sinopse

Valentina está dirigindo seu carro de volta para casa, quando atropela algo em seu caminho. Ao descer do veículo, encontra uma cachorrinha ferida, com o endereço de seu dono na coleira. É assim que ela fica conhecendo a pessoa que iria alterar o curso de sua vida – um juiz aposentado, que termina seus dias espionando as conversas telefônicas de seus vizinhos. Por trás deste estranho comportamento, está o enigma de um homem cujo motivo vital é tomar posse da intimidade daquelas pessoas e acompanhar passo a passo o desenrolar de seus destinos. Um oceano de possibilidades coloca-se, então, à frente de Valentine e ela se vê prestes a mergulhar num lugar assustador, em que todas as regras podem ser quebradas para que os homens venham se comunicar.

Trois couleurs: Rouge (A fraternidade é vermelha). França; Suíça; Polônia: 1994, 99 min, em francês. Direção: Krzysztof Kieslowski. Roteiro: Krzysztof Kieslowski, Krzysztof Piesiewicz. Elenco: Irène Jacob, Jean-Louis Trintignant, Frédérique Feder.

Entrada franca.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Leituras indicadas

Janela indiscreta (1954)

janela-indiscreta

No dia 25 de fevereiro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (jesuítas) apresenta o filme Rear Window (1954), dirigido pelo inglês Alfred Hitchcock (1899–1980).

«Não querendo repetir o que é evidente, deixo ao espectador o cuidado de apreciar, neste filme, a perfeição técnica e a extraordinária qualidade da cor.»

Claude Chabrol

Sinopse

Quando o fotógrafo profissional J. B. Jeff Jeffries (James Stewart) fica confinado a uma cadeira de rodas por causa de uma perna quebrada, ele fica obcecado em observar os dramas particulares de seus vizinhos. Quando ele suspeita que um vendedor pode ter assassinado sua esposa, Jeffries pede a ajuda de sua namorada (Grace Kelly) para investigar a suspeita sequência de eventos. Eventos que definitivamente levam a um dos mais memoráveis e envolventes finais da história do cinema.

Rear Window (Janela indiscreta). Estados Unidos: 1954, 112 min, em inglês, com legendas em português. Direção: Alfred Hitchcock. Roteiro: John Michael Hayes, baseado em um conto de Cornell Woolrich (1903 – 1968). Elenco: James Stewart, Grace Kelly, Wendell Corey, Thelma Ritter. 

Entrada franca.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

Leituras indicadas