Cinema Paradiso

Cinema Paradiso (Giuseppe Tornatore, 1988)

13 jun.
quarta-feira, 19:30 — Centro Cultural de Brasília

Nuovo cinema Paradiso (Cinema Paradiso). Direção: Giuseppe Tornatore. Produção: Franco Cristaldi, Giovanna Romagnoli. Roteiro: Giuseppe Tornatore, Vanna Paoli. Música: Ennio Morricone. Fotografia: Blasco Giurato. Edição: Mario Morra. Design de produção: Andrea Crisanti. Elenco: Antonella Attili, Enzo Cannavale, Isa Danieli, Leo Gullotta, Marco Leonardi e outros.
― 1988, Itália, França. 2h 35min. Em italiano, com legendas em português.

O menino Toto se encanta pelo cinema e inicia uma grande amizade com o projecionista de sua pequena cidade. Já adulto e agora um cineasta bem-sucedido, Toto volta a lembrar de sua infância ao descobrir que seu velho amigo faleceu.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

Anúncios

A Condessa de Hong Kong

A Condessa de Hong Kong (Charles Chaplin, 1967)
13 DE SETEMBRO
terça-feira − 19h30

A Countess from Hong Kong (A Condessa de Hong Kong). Direção, roteiro e música: Charles Chaplin. Produção: Jerome Epstein; Charles Chaplin. Fotografia: Arthur Ibbetson. Edição: Gordon Hales. Elenco: Marlon Brando, Sophia Loren, Sydney Chaplin, Tippi Hedren, Patrick Cargill e outros.
― Reino Unido, 1967. 2h. Em inglês, francês, com legendas em português.

A história se passa principalmente em um navio que vai de Hong Kong para os Estados Unidos, e coloca em cena a Condessa Natascha (Sophia Loren), destituída de seus bens após a Revolução de 1917, e o empresário e diplomata Ogden Mears (Marlon Brando), que se envolve com a Condessa e se vê obrigado a escondê-la ilegalmente em sua cabine até a chegada a um território americano.

Livre para todos os públicos

Comentários e críticas

Monsieur Verdoux

Monsieur Verdoux

Pequeno Festival
O RISO SAIU PELA CULATRA

No dia 7 de outubro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Monsieur Verdoux, dirigido e estrelado por Charles Chaplin (1889–1977).

A exibição de Monsieur Verdoux será antecedida pela apresentação de Corridas de Automóveis para Meninos (1914), primeira aparição de Chaplin com o figurino do personagem Carlitos.

Sinopse

Primeiro filme de Chaplin em que ele aparece despojado do figurino e dos recursos cômicos de Carlitos. História de humor negro sobre um dândi matador de suas esposas. Nesta “comédia de assassinatos”, o ator-diretor lança um olhar ácido sobre o sistema capitalista, comparando-o ao mundo do crime no qual a sede de lucros justifica todos os meios. A moral ambígua de “Monsieur Verdoux” provocou reações negativas em várias cidades norte-americanas e serviu de estopim para o processo político que culminou com seu exílio na Europa a partir de 1952.

Monsieur Verdoux. Estados Unidos: 1947, 124 min, P&B, em inglês, com legendas em português. Direção: Charles Chaplin. Roteiro: Charles Chaplin, baseado numa ideia de Orson Welles. Elenco: Charles Chaplin, Mady Correll, Allison Roddan.

Entrada franca.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

Alice & Chaplin: Pioneiros do cinema

No dia 9 de abril, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB apresenta quatro curtas de Alice Guy, primeira diretora de cinema da história, e O Pastor de Almas, de Charles Chaplin. A programação inicia as sessões mensais dedicadas à história do cinema.

Alice Guy (1873 – 1968)

alice-guy

Comment monsieur prend son bainComo o cavalheiro toma seu banho (1903) França. Elenco: Ferdinand Zecca. (1 min, preto e branco, silencioso).
Alice Guy tourne une phonoscèneAlice Guy dirige um “phonoscène” (1907) França. Elenco: Alice Guy, Étienne Arnaud. (2 min, preto e branco, silencioso).
La vérité sur l’homme-singeA verdade sobre o homem-macaco (1906) França. (5 min, preto e branco, silencioso).
Les résultats du féminismeOs resultados do feminismo (1906) França. (7 min, preto e branco, silencioso).

Veja documentário sobre Alice Guy: Le jardin oublié – La vie et l’oeuvre d’Alice Guy-Blaché (Marquise Lepage, 1995)

Charles Chaplin (1889 – 1977)

Charles-Chaplin-1

The pilgrimO pastor de almas ― Charles Chaplin (1923) Estados Unidos. Roteiro: Charles Chaplin. Elenco: Edna Purviance, Charles Chaplin, Syd Chaplin. (39 min, preto e branco, silencioso).

Um prisioneiro escapa da cadeia e, para não ser reconhecido, se livra de seu uniforme de preso e se disfarça de pastor evangélico. Ele acaba ficando em uma pequena cidade em que as pessoas aguardam o seu novo pastor. As exigências do ministério religioso irão criar situações cômicas para o fugitivo. Sua verdadeira identidade pode ser revelada quando um antigo comparsa seu o reconhece nos trajes eclesiásticos.

ENTRADA FRANCA

Classificação indicativa

Livre para todos os públicos