Léon Morin, padre

Léon Morin, padre (Jean-Pierre Melville, 1961)

4 DE OUTUBRO
quarta-feira − 19h30

Léon Morin, prêtre (Léon Morin, padre). Direção: Jean-Pierre Melville. Produção: Georges de Beauregard, Carlo Ponti. Roteiro: Jean-Pierre Melville, adaptação do romance Léon Morin, prêtre (1952), de Béatrix Beck (1914-2008). Música: Martial Solal. Fotografia: Henri Decaë. Edição: Jacqueline Meppiel. Elenco: Jean-Paul Belmondo, Emmanuelle Riva, Irène Tunc, Nicole Mirel, Gisèle Grimm e outros.
― 1961, França, Itália. P&B, 1h 57min. Em francês, com legendas em português.

Interior da França, durante a ocupação alemã, na Segunda Grande Guerra. Barny ― uma jovem viúva que vive com a sua filha pequena e que é militante do partido comunista ― decide dirigir-se à paróquia e confrontar um padre com a ideia da inexistência de Deus. Contudo, a reação do padre não era aquela que ela imaginava e desta inquietação surge um forte relacionamento entre os dois.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

 

 Críticas e comentários

 

 

Anúncios

Os girassóis da Rússia

Os girassóis da Rússia (Vittorio De Sica, 1970)
20 DE SETEMBRO
terça-feira − 19h30

I girasoli (Os girassóis da Rússia). Direção: Vittorio De Sica. Produção: Arthur Cohn; Carlo Ponti. Roteiro: Tonino Guerra, Cesare Zavattini, Giorgi Mdivani. Música: Henry Mancini. Fotografia: Giuseppe Rotunno. Edição: Adriana Novelli. Elenco: Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Lyudmila Savelyeva, Galina Andreeva, Anna Carena, Nadya Serednichenko.
― Itália, França, União Soviética, 1970. 1h 47min. Em italiano, inglês, russo.

Quando termina a Segunda Guerra Mundial, Giovanna não consegue aceitar que seu marido tenha morrido em combate na Rússia. Então, ela decide viajar atrás de seu paradeiro, passando por cidades e campos de girassóis. Quando enfim ela o encontra, percebe que algo mudou na relação entre eles.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

#SophiaLoren82

A bela moleira

A bela moleira (Mario Camerini, 1955)
6 DE SETEMBRO
terça-feira − 19h30

La bella mugnaia (A bela moleira). Direção: Mario Camerini. Produção: Dino De Laurentiis; Carlo Ponti. Roteiro: Augusto Camerini, Mario Camerini, Sandro Continenza, Ennio De Concini, Ivo Perilli, baseado no romance El sombrero de tres picos (1874), de Pedro Antonio de Alarcón. Música: Angelo Francesco Lavagnino. Fotografia: Enzo Serafin. Edição: Gisa Radicchi Levi. Elenco: Vittorio De Sica, Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Paolo Stoppa, Yvonne Sanson e outros.
― Itália, 1955. 1h 38min. Em italiano, com legendas em português.

Final do século 17, em uma Nápoles sob jugo espanhol, todos os cidadãos da cidade são obrigados a pagar imposto até sobre a chuva, mesmo que ela não caia. A exceção é feita para o moleiro Luca (Marcello Mastroianni), casado com Carmela (Sophia Loren), a mulher mais bonita e desejada da região, e que só por isso é favorecido pelo poderoso governador Teófilo (Vittorio De Sica), que cobiça a mulher do moleiro.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

#SophiaLoren82