A bela moleira

A bela moleira (Mario Camerini, 1955)
6 DE SETEMBRO
terça-feira − 19h30

La bella mugnaia (A bela moleira). Direção: Mario Camerini. Produção: Dino De Laurentiis; Carlo Ponti. Roteiro: Augusto Camerini, Mario Camerini, Sandro Continenza, Ennio De Concini, Ivo Perilli, baseado no romance El sombrero de tres picos (1874), de Pedro Antonio de Alarcón. Música: Angelo Francesco Lavagnino. Fotografia: Enzo Serafin. Edição: Gisa Radicchi Levi. Elenco: Vittorio De Sica, Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Paolo Stoppa, Yvonne Sanson e outros.
― Itália, 1955. 1h 38min. Em italiano, com legendas em português.

Final do século 17, em uma Nápoles sob jugo espanhol, todos os cidadãos da cidade são obrigados a pagar imposto até sobre a chuva, mesmo que ela não caia. A exceção é feita para o moleiro Luca (Marcello Mastroianni), casado com Carmela (Sophia Loren), a mulher mais bonita e desejada da região, e que só por isso é favorecido pelo poderoso governador Teófilo (Vittorio De Sica), que cobiça a mulher do moleiro.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Críticas e comentários

#SophiaLoren82

Anúncios

Investigação sobre um cidadão acima de qualquer suspeita

Investigação sobre um cidadão acima de qualquer suspeita (Elio Petri, 1970)19 DE JULHO
terça-feira − 19h30

Indagine su un cittadino al di sopra di ogni sospetto (Investigação sobre um cidadão acima de qualquer suspeita). Direção: Elio Petri. Produção: Daniele Senatore; Marina Cicogna. Roteiro: Elio Petri, Ugo Pirro. Música: Ennio Morricone. Fotografia: Luigi Kuveiller. Edição: Ruggero Mastroianni. Elenco: Gian Maria Volontè, Florinda Bolkan, Gianni Santuccio, Orazio Orlando, Sergio Tramonti e outros.
― Itália, 1970. Cor (Technicolor), 1h52min. Em italiano, com legendas em português.

O chefe da polícia de Roma mata a sua amante e tenta incriminar um jovem esquerdista, que também tinha um caso com ela. Por chefiar as investigações, ele tem certeza de que está acima de qualquer suspeita. Assim, não se preocupa em deixar pistas no local do crime que apontem diretamente para seu nome e que serão ignoradas.

Livremente baseado em Crime e Castigo de Dostoiévski, Investigação sobre um cidadão acima de qualquer suspeita é um dos grandes filmes políticos italianos dos anos 1970, longa essencial do diretor Elio Petri sobre o abuso e corrupção do poder e da moral.

simbolo 18pq

Críticas e comentários

Às margens do rio sagrado

No dia 20 de novembro, terça-feira, às 19h30, no Centro Cultural de Brasília (jesuítas), o Cine-Fórum apresenta o filme Às margens do rio sagrado, dirigido pela indiana Deepa Mehta.

Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer.

Mahatma Gandhi

Sinopse

Aos 8 anos de idade, na Índia dos anos 30, Chuyia é já viúva. De acordo com a tradição, Chuyia é enviada para uma casa que acolhe viúvas (ashram), uma habitação coletiva onde são obrigadas a ficar, isoladas da sociedade, até a morte. Kalyani, jovem viúva, toma sob sua proteção Chuyia, de quem se torna amiga. Abuso de poder e de autoridade marcam o cotidiano dessas mulheres. Os ensinamentos e a presença de Mahatma Gandhi apontam para outras perspectivas.

O filme é a terceira parte de uma trilogia que inclui os filmes Fire (1996) e Earth (1998)

Water / वाटर • Às margens do rio sagrado ― Deepa Mehta (2005) Canadá, Índia. Elenco: Lisa Ray, John Abraham, Seema Biswas. (117 min)

  Entrada franca

Classificação indicativa

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Leituras

Trailer