Ikiru ― Viver (1952)

No dia 3 de julho, terça-feira, às 19h30, no Centro Cultural de Brasília, o Cine-Fórum apresenta Ikiru ―  Viver, filme de 1952, dirigido pelo japonês Akira Kurosawa (1910 – 1998).

Ikiru ―  Viver é apresentado na programação sobre a história do cinema do Cine-Fórum. 

Embora repleto de tristeza, Viver é um filme de grande otimismo espiritual.

Ethan de Seife

 Sinopse

Kanji Watanabe, um burocrata que passou 30 anos na prefeitura de Tókio, descobre que está com um câncer no estômago. Percebendo o vazio de sua existência e a solitária monotonia de seus dias, se dá conta de que sua vida de funcionário público pouco ou nada contribuiu para o bem estar da população de sua cidade. Decide, então,  desengavetar um projeto de construção de um parque infantil, reivindicação antiga de um grupo de mulheres. Com pressa, já que seus dias estão contados, Watanabe quer deixar algo mais do que uma frágil lembrança. A narrativa se dá em dois tempos: o presente, e recordações da vida de Kanji desde a juventude.

生きる Ikiru – viver ― Akira Kurosawa (1952) Japão. Elenco: Takashi Shimura, Nobuo Kaneko, Shin’ichi Himori. (143 min) P&B

 Entrada franca.

 Classificação indicativa

Não recomendado para menores de 14 anos

Críticas e comentários

Trailer


Anúncios

3 comentários sobre “Ikiru ― Viver (1952)

  1. A passagem do sacrifício vazio da vida para o sacro-ofício pleno de alegria e força espiritual….

    Bem bonito!!!! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s