Assassinato por morte

assassinato-por-morte

Pequeno Festival
O RISO SAIU PELA CULATRA

No dia 28 de outubro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Assassinato por morte, dirigido pelo cineasta americano Robert Moore (1927–1984). 

Sinopse

Cinco detetives são convidados pelo milionário Lionel Twain para jantarem em sua mansão. Twain os desafia a desvendar um crime que irá acontecer à meia-noite. Entretanto, quando o tal crime acontece, todos passam a suspeitar uns dos outros. Comédia elegante, com elenco impecável.

Murder by Death (Assassinato por morte). Estados Unidos: 1974, 94 min, em inglês, com legendas em português. Direção: Robert Moore. Roteiro: Neil Simon. Elenco: Eileen Brennan, Truman Capote, James Coco, Peter Falk, Peter Sellers, Maggie Smith.

Entrada franca

Livre para todos os públicos

O terceiro tiro

o-terceiro-tiro

Pequeno Festival
O RISO SAIU PELA CULATRA

No dia 21 de outubro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme O terceiro tiro, dirigido por Alfred Hitchcock (1899–1980). 

«Introducing Shirley MacLaine.»

Sinopse

Em uma pequena cidade do estado de New England, um corpo é encontrado em uma floresta, criando muita confusão: todos querem esconder ou fazer algo com o corpo, sem levantar suspeitas.

The Trouble with Harry (O terceiro tiro). Estados Unidos: 1955, 99 min, em Inglês, com legendas em português. Direção: Alfred Hitchcock. Roteiro: John Michael Hayes, baseado na novela homônima de Jack Trevor Story (1917—1991). Elenco: John Forsythe, Shirley MacLaine, Edmund Gwenn.

Entrada franca.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Leituras indicadas

A Estalagem Vermelha

a-estalagem-vermelha

Pequeno Festival
O RISO SAIU PELA CULATRA

No dia 14 de outubro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme A Estalagem Vermelha, dirigido pelo cineasta francês Claude Autant-Lara (1901–2000).

Sinopse

No inverno de 1833, um grupo de viajantes, entre eles um monge (Fernandel) passa a noite em uma pousada isolada na região de  Ardèche, na França. O albergue é dirigido por um casal, Pierre e Marie Martin. A estalajadeira, durante uma confissão, diz ao monge que ela e o marido costumam envenenar os hóspedes, roubá-los e depois enterrá-los no jardim da propriedade.  O monge busca meios para salvar a si e aos demais hóspedes sem quebrar o segredo da confissão. Inspirado num conto de Honoré de Balzac que, por sua vez, baseou-se nos fatos supostamente ocorridos no “Auberge de Peyrebeille”.

L’auberge rouge (A Estalagem Vermelha). França: 1951, 98 min, P&B, em francês, com legenda em português. Direção: Claude Autant-Lara. Roteiro: Jean Aurenche. Elenco: Fernandel, Françoise Rosay, Marie-Claire Olivia.

Entrada franca.

Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos

Monsieur Verdoux

Monsieur Verdoux

Pequeno Festival
O RISO SAIU PELA CULATRA

No dia 7 de outubro, terça-feira, às 19h30, o Cine-Fórum CCB (Jesuítas) apresenta o filme Monsieur Verdoux, dirigido e estrelado por Charles Chaplin (1889–1977).

A exibição de Monsieur Verdoux será antecedida pela apresentação de Corridas de Automóveis para Meninos (1914), primeira aparição de Chaplin com o figurino do personagem Carlitos.

Sinopse

Primeiro filme de Chaplin em que ele aparece despojado do figurino e dos recursos cômicos de Carlitos. História de humor negro sobre um dândi matador de suas esposas. Nesta “comédia de assassinatos”, o ator-diretor lança um olhar ácido sobre o sistema capitalista, comparando-o ao mundo do crime no qual a sede de lucros justifica todos os meios. A moral ambígua de “Monsieur Verdoux” provocou reações negativas em várias cidades norte-americanas e serviu de estopim para o processo político que culminou com seu exílio na Europa a partir de 1952.

Monsieur Verdoux. Estados Unidos: 1947, 124 min, P&B, em inglês, com legendas em português. Direção: Charles Chaplin. Roteiro: Charles Chaplin, baseado numa ideia de Orson Welles. Elenco: Charles Chaplin, Mady Correll, Allison Roddan.

Entrada franca.

Não recomendado para menores de 12 (doze) anos

Cinema, justiça e paz.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 658 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: